Digite sua busca

post

Qual a contribuição das nossas avós para a evolução?

Qual a contribuição das nossas avós para a evolução?

Sabe aquela avó que te mimou na infância? Ela teve um importante papel na nossa evolução, não estou falando evolução como pessoa, mas evolução como espécie Homo sapiens.

A chamada hipótese das avós afirma que os humanos evoluíram para ter uma vida mais longa onde as avós ajudam as filhas a cuidar dos bebês. Comparando com outros animais isso não acontece, geralmente as fêmeas não vivem além da sua fase reprodutiva, enquanto as mulheres vivem por décadas depois de não poderem ter filhos.

Essa hipótese surgiu depois de uma observação da população de caçadores-coletores da Tanzânia – os Hazda – onde foi observado que as avós ajudavam as filhas buscando alimento para os netos. A maioria dos animais depois que desmamam procuram seu próprio alimento, no caso da nossa espécie as mães tiveram uma difícil escolha: seguiam as mudanças ambientais migrando para lugares que tivesse mais alimentos acessíveis para os filhos ou continuar a alimentar sua cria depois do desmame.

A solução para o dilema abriu espaço para que as fêmeas que estavam saindo da fase reprodutiva – agora chamadas de avós – ajudassem a procurar alimentos para os recém-desmamados em um ambiente que estava cada vez mais árido por causa das mudanças climáticas e ambientais. Enquanto as avós cuidam das crianças depois do desmame, suas filhas puderam produzir mais crias em intervalos de tempo menores. Isso fez com que os genes da longevidade pudessem ser passados para seus descendentes, que tiveram uma vida adulta mais longa.

Outro ponto dessa teoria é o aparecimento da menopausa, que foi desvendado pelos biólogos da Universidade de Cambridge, que afirmam que conflitos reprodutivos entre gerações levaram a uma supressão precoce da reprodução. Como assim? Em média as mulheres param de procriar quando a geração seguinte começa.

Outra hipótese é a ‘hipótese da mãe’, que revela que mães mais velhas tendem a investir recursos em seus filhos já nascidos do que tentar ter outro filho. Eles concluem que a menopausa ajudou a diminuir os riscos de uma gravidez em uma idade muito avançada.

As avós desempenharam outros papeis, como a transmissão de conhecimento (que tipo de planta era venenosa ou onde encontrar água em épocas de seca) e a cultura da população. Estudos mostram que a repetição é um fator para a construção de normas e tradições culturais, famílias com várias gerações tendem a reforçar mais vezes essas lições.

A longevidade aumentou a população promovendo um desenvolvimento de extensas redes de comercio, sistemas complexos de cooperação, aumento de uso de símbolos e acelerou o ritmo da evolução.

Fontes:
BAIMA, César. Avós foram necessárias para a evolução da longevidade humana. Disponível em CLIQUE AQUI . Acessado em: 10 de dezembro de 2020.
BIORRITMO. A importância das avós para a evolução humana. Disponível em: CLIQUE AQUI. Acessado em: 10 de dezembro de 2020.
CASPARI, Rachel.
A evolução dos avós.
Disponível em: CLIQUE AQUI. Acessado em: 15 de agosto de 2017.
ESTADO DE MINAS. Homo sapiens vivem mais que outros primatas graças às avós. Disponível em: CLIQUE AQUI. Acessado em: 15 de agosto de 2017.POWLEDGE, Tabitha M.
Mulheres vivem muito além do período fértil.
Disponível em: CLIQUE AQUI  Acessado em: 15 de agosto de 2017.

Deixe uma resposta

Seu e-mail e ocupação não serão publicados